Tabanez em prol das vítimas do Essure em Brasília

Carlos Tabanez participou da Assembleia Geral Extraordinária para aprovação Estatutária da Associação das Mulheres Vítimas do Essure Brasil (AMVEB), neste domingo, 22, no Parque Ana Lídia.

Aproximadamente 100 mulheres reivindicam assistência médica e cirurgia para retirada de um contraceptivo irreversível. O Essure foi retirado de circulação no Brasil em 2017, pela Anvisa – o dispositivo é da farmacêutica Bayer.

Segundo Tabanez, “milhares de mulheres passaram por cirurgia para implantar o contraceptivo, e hoje são vítimas do Essure e precisam de ajuda”, disse o Incansável.
Tabanes declarou que o intuito da associação é em prol das mulheres pelos seus direitos que foram esquecidas desde 2017 no governo do PT.

O Essure é um conjunto de duas molas, de aço inoxidável, que medem cerca de 4 centímetros. São introduzidas nas trompas e impedem a passagem do espermatozoide e, consequentemente, a fecundação do óvulo. O método gera inflamação nas trompas, e efeitos colaterais terríveis.

Fonte: Tudo Ok Noticias

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *